4 de mar de 2012

ELA É PURA LUXURIA




Ela é pura luxuria
ela se perfuma
coloca um vestido
de etiqueta fina 
e por baixo roupas 
íntimas de sêda
se adorna de anéis,
brincos e colar,
e nos pés um
salto agulha

Ela desperta olhares 
de inveja e cobiça
ela desperta desejos vulgares
as mulheres com os olhos inveja 
se ela vira as costas
elas são maledicentes com ela

Os homens desejando 
seus beijos e seu sexo
eles à cortejam 
pra ela,estendem 
um tapete vermelho
mas cabe à ela escolher 
com quem ela vai 
romper a noite 
quem será agraciado 
com seus beijos e caricias

Ela é pura luxúria 
ela brilha na noite escura
ela é o verso quente 
desse poema
ela é o êxtase 
é o gozo,o prazer
ela é o pecado 
em estado pleno
seu corpo moreno 
esculpido pro amor
é a flor do jardim do Éden
homens rezem,mulheres chorem
ela é a perdição impura
ela é a pura luxuria

Nereu Airto

Nenhum comentário:

Postar um comentário