4 de mar de 2012

DEVASSOS


Da sua boca ardente 
tiro versos quentes
deixarei minhas marcas 
no seu corpo teso
nele vou deixar 
as minhas digitais 
dos desejos carnais



Meus dentes vão marcar sua carne

minha língua deixando em sua pele 

minha saliva lasciva
nosso olor expelindo 
um cheiro entorpecedor




Meus olhos te comem menina

dei-me seu beijo

dei-me sua gula felina
em mim crave suas unhas 
me arrepia 
que eu te apeteço 




Eu mando você obedece

agora desce sua calcinha 

e abre tuas pernas
vou comer tua fruta com a boca
sentir o sabor dessa fruta do amor
agora meu sexo 
clama pelo seu




Somos corpos imãs do prazer

entro dentro de você 

dei-me tudo
dei-me agora de frente 
e por trás
ai que tesão 
ai que loucura
nessa devassidão da cama 
fomos parar no chão
vamos gozar juntos então....




Ah meu amor agora aperta 

meu sexo com sua flora

ah que gostoso assim 
eu gozo de novo....
O frenesi serena agora
vem menina
vem pro meus braços
descanse meu amor 
que a noite apenas começou




Nereu Airto

BANDIDA


Quando essa mulher vira bandida
quando ela se veste pra matar
pobre daquele que cai em sua lábia
ela usa roupas de couro 
ou vestidos colados
calça botas ou um elegante salto alto


Na boca um batom 
vermelho ou rosado
na face a maquiagem 
e usa o corpo 
como arma do pecado



A falsaria da noite 
te seduz,tortura,furta e sequestra
você pode apontar pra ela 
sua arma dura
você pode tentar 
dominar essa meliante
mas ela vai te fazer tremer
amolecer seu ser
ela usa sua força e sedução



Você vai ficar sem nada
sem energia,sem dinheiro
sem roupas 
a bandida da orgia age assim 
ela é voraz e quente
na boca insultos e frases indecentes
o homem forte fica subserviente 



E depois de tanta loucura 
ela vai te abandonar na noite escura 
e se você for atrás dessa mulher 
você não irá atrás de vingança
isso vai acontecer porque 
você ficou viciado 
e vai querer mais uma dose 
da bandida do pecado



Nereu Airto

ANJO NU


Entro em casa 
a madrugada já avança,
depois de um dia intenso 
de trabalho
tive o azar de pegar 
o trânsito engarrafado
a cidade está um caos
e eu estou louco pra ver 
o meu amor

Entro em casa 
e não á acho
ela não está na cozinha 
nem na sala como de
costume vendo tv
mas sinto o seu perfume 
vindo do quarto

Eu caminho para encontra-la 
e lá está ela
numa cena linda e sensual 
ela dorme tranquila e nua
uma pintura viva 
uma obra de arte
um poema desnudo
seu corpo provocando tesão 
e desejo esta exposto 
ao meu olhar 
e eu lá à admirar tal cena

Seu semblante suave e doce
num contraste de um nu
tão puro sem maldade
parece um anjo despido
puro e sem libido
então,eu reverencio 
meu anjo da noite 
beijo sua face devagar
para ela não acordar

Eu demorei 
e meu anjo cansou 
de me esperar
mas meu amor pode descansar
vou velar seu sono
vou te proteger 
serei o expectador de você
vou deitar do seu lado 
com cuidado
vou escutar seu suspirar
durma meu anjo,durma 
pode descansar,
dormir,sonhar 

Vou ficar do seu lado
até o dia raiar
vou proteger meu anjo da noite
meu amor que dorme nua
tão bela e pura

Nereu Airto

ALMOÇO DO ADEUS


Olho o relógio 
acendo um cigarro
abro uma cerveja
eu à espero...
E ela não chega

vou à padaria 
pego um frango assado 
com batata e farofa,
preparo a mesa 
tem salada e arroz à la grega
abro outra cerveja 
eu á espero... 
E ela não chega

Ligo a televisão,
futebol,Faustão 
nada de bom
acesso a net 
nada me enterte
abro mais uma cerveja 
Eu á espero...
e ela não chega

A comida esfria na mesa
o dia foi embora
a noite chegou ela não...

Ligo pro celular 
toca,toca,sem resposta
vou jogar o almoço fora
era o almoço 
da nossa reconciliação
fui eu mesmo 
que me meti nessa situação
não sei porque fui insistir
tudo motivado 
por não aceitar o adeus
que ela deu
não tinha saída 
eu tinha que aceitar
sua despedida

Agora estou com a boca amarga 
não pela cerveja ingerida 
mas sim pelo amargor da saudade
agora eu sei que não adianta esperar
por alguém que não vai voltar
nem mesmo pra almoçar

Nereu Airto