24 de jan de 2011

Gertrudes

Gertrudes,nasceu em Mogi das Cruzes
uma mulher linda em sua
plenitude

sempre foi de atitude
aos opositores bradava

-Sou assim,senão gostam de mim
peçam a Deus que eu mude

Gertrudes,hoje ainda e bela
mesmo com o senhor tempo
deixando-a mais velha.

despertando olhares masculinos
que ela prontamente ignora.

hoje Gertrudes no canto da sala
vê a novela
dedicando-se ao lar
seus filhos ainda na idade
escolar

educação,limpeza
almoço,jantar
por as contas em dia
e Gertrudes em seu cotidiano
assim passam-se seus dias

Gertrudes não se casou por
amor

um dia resolveu
abdicar de seu sonhos
desejou ter um
lar
família
solidez

muitas vezes na cama deitou
e não gozou

mais Gertrudes nunca
reclamou

por respeito a quem com ela se
casou

as vezes bate o desespero
Gertrudes se tranca no
banheiro
e olhando pro espelho
se auto-interroga

-Será ter valido a pena,
eu que fora uma contestadora,
que um dia sonhei em ser
uma nova Julieta,
e morreria por um amor verdadeiro
hoje apenas me contento ,
com esse dia a dia.

será que meu Romeu passou,
e não enxerguei
de um amor verdadeiro abdiquei.

Gertrudes não e infeliz,
mais não esta completa
se olhando no espelho,
falta algo
na mulher que e
da mulher que foi
e Gertrudes chorou
do que dela
sobrou.

Nereu Airto

Nenhum comentário:

Postar um comentário