10 de mai de 2011

Noites escuras pra te esquecer

Tortura
na noite escura
um homem na tua procura
num
desejo que beira a loucura

beijo bocas que não e a
tua
sinto-me sujo
a cada corpo que sugo
cada corpo que
por mim e gozado

pois sou um homem
subjugado pelo desejo

procuro te esquecer

deito-me com a primeira que
aparecer

seu nome pronuncio
no delírio do gozo

amantes me olham com
desgosto
com reprovação

em cada madrugada fria e
escura
procuro você

saio com a lua cheia
volto no amanhecer
os raios de sol
machucam minhas vistas

em mais uma noite

meu corpo se deu de forma
promiscua

procuro damas da noite
bebo
trago
abraço
choro escondido

pois ainda estou
amando aquela mulher

que hoje diz
que não me quer

NEREU AIRTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário