10 de mai de 2011

Versos de um amor acabado

Com a boca pequena
recitei
um poema

escrevi com minhas mãos
tremulas

depois de

vários rascunhos escritos
mais
sem conseguir passar
a limpo,
tudo
o que eu sinto.
Cada frase,
cada verso,
alguns rimando
outros desconexos
destoando


o tempo passando
e eu recitando
querendo encontrar
formas pra revelar
o sentimento
que em mim
está.
Escrevendo
no caderno


cada página
escrita com capricho,
virava lixo

a tinta da caneta acabando
minha boca secando

a poesia
não sai...

vou
beber água
pra umidecer minha boca

pego outra caneta,
outro caderno

saem outras
frases
versos
desconexos

causados

pela despedida
de um amor

que levou minha criatividade
me deixou pela metade.
Nessa fria tarde,
meu poema deixei
no corpo da mulher
que amei.

Nereu

Nenhum comentário:

Postar um comentário