28 de jun de 2011

VIDA DE AMANTE

A madrugada passada
não consegui gozar com
a minha amada

nos escondemos no véu
da noite

pra que nimguém não nos notasse 
trocamos o frio da madrugada

pela quentura dos
nossos
corpos

falamos loucuras
beijamo-nos no
fogo da ternura

a conjectura do nosso
encontro

indicava
que teríamos
prazer

indicava
que o nosso gozo
ia acontecer

estava excitado
ela do meu lado
já se despia

com cara de fera no
cio

e eu de cachorro
vadio

mais o imprevisto
aconteceu:

Ele pra casa retornou 
escutamos quando o carro buzinou

eu semi nu
corri pro elevador

assim como meu sexo
o elevador também
desceu
baixou
no térreo chegou.

Ele subiu
pensei que ao passar por
mim

sentiria o perfume dela
mas ele apertou o botão
do 6 andar
sem nada
notar

agora talvez esteja desfrutando
daquela mulher

que tanto desejei
talvez
o
marido
esteja
á amando

e o amante
volta pra casa
chorando

Nereu Airto

Nenhum comentário:

Postar um comentário