24 de jan de 2012

ENCANTOS DA NINFETA


Ela me olha com fome
essa ninfeta esta enfeitada
com as unhas pintadas
na face a pintura para mostrar
que é mais madura
com uma indumentária 
que valoriza suas curvas


E eu estou nesse dilema,
pra ela cansei de dizer não...
Ela com sua rebeldia
não desiste de mim,e quer 
que eu me entregue


Ela vem ao meu encontro
com seus passos
de balé clássico
o desejo faz 
as minhas pupilas dilatar
e o meu coração está 
num só acelerar
minhas mãos começam à suar
o homem feito,
treme,teme 
que o desejo
pela ninfa o vença


Ela está tão segura,tão calma
e com a voz rouca e sensual 
ela fala:
-Quero dar um presente,ao
Senhor,vou desembrulha-lo agora,
bem devagar.


E ela começa à se desnudar,
e ela tira peça por peça
e eu não tenho forças
que à impeça de fazer tal ato..
E ela fica nua,
e a menina desnuda diz:


-Agora me diga,você ira rejeitar?
Te dou meu corpo de presente,
não me rejeite,aceite!


O tempo passou 
e a menina de ontem,
hoje é a mulher que agora 
te deseja,
te quer....


Assim a ninfeta frágil e pequena,
armou sua armadilha obscena
e o homem forte e viril sucumbiu...
Sentiu os braços fortes da menina
sentiu o poder do seu beijo,
entorpecido pelo olor 
do perfume da paixão,
ele teso louco de tesão,
não conseguiu dizer não
amou como nunca antes havia amado


Isso parece uma maldição
desde o tempo da maçã,
é sempre assim
a força do homem se esvai 
se acaba
ele embarca nesse conto de fadas
seja com bruxas e princesas 
ou no encanto das ninfetas


Nereu Airto

Nenhum comentário:

Postar um comentário