14 de jul de 2011

MEU SENHOR

ABRAÇA-ME meu Senhor,
abraça-me por favor
conceda-me conforto
do teu
corpo moreno

peço-lhe
veja-me
grande
com seus olhos
pequenos

Quero o calor da tua
boca
teu hálito quente
à
tua voz rouca
invadindo
meus ouvidos

afague tua amada
com tuas
mãos calejadas

faça-me poema
faça-me flor
faça-me
desejada
faça-me amor

seja
o
senhor
de mim
desnude-me
sem pressa
peça por peça

coloque-me no teu
trono
coloque-me no teu
colo
com seus braços fortes
me enlace-me

sejas

meu cavalheiro elegante
poético
vigoroso

seja meu
LORD
dê pra mim essa
sorte

faça-me tua pintura
com tuas cores
emoldura
tua cria

esquente minha cama
fria
meu senhor realize meu
sonho
seja meu dono
sou tua flor de outono

caída no chão no abandono
me colhe

sou tua mulher
tão feminina
vem por favor
me olhe

não me castigue
não me obrigue a chorar
por te amar

abre teu sorriso
case-se comigo

meu senhor sou
teu único
e verdadeiro
amor


Nereu Airto

Nenhum comentário:

Postar um comentário